segunda-feira, 7 de abril de 2008

Entrevista a Cláudio Fragata - parte 5

À volta da televisão, dos filmes...


Por que é que viveu aterrorizado com o filme Marcelino, Pão e Vinho? Ainda tem medo desse filme?
Para mim, que tinha 5 anos, esse foi um filme muito assustador. Contava a história de Marcelino, um órfão que vivia na companhia dos frades em um convento. Tudo muito dramático, as imagens eram de um claro-escuro sinistro. Num momento o garoto era picado por um escorpião, noutro, essa era a cena que mais me amedrontava, Cristo descia da cruz e falava com ele. Fiquei muito tempo sem entrar no quarto de meus pais. Havia sobre a cabeceira da cama um crucifixo e eu morria de medo que acontecesse comigo o mesmo que aconteceu com Marcelino: Cristo ganhar vida e descer da cruz. Hoje tenho vontade de rever o filme, sei que ele existe em DVD. Como será assistir ao filme hoje, com olhos adultos? Será que ficarei mais uma vez aterrorizado?

Quais eram os seus desenhos animados preferidos?
Eram os de Woody Woodypecker, o Pica-Pau, não sei se o personagem tem esse mesmo nome em Portugal. Gostava também de Pernalonga e sua turma.

Ainda gosta de ver os desenhos animados Tom & Jerry?
Adoro. Tenho vários deles em DVD.

Ainda gosta de ler o Sítio do Pica-Pau Amarelo?
Eu leio e releio Monteiro Lobato. Todos os anos, leio ao menos três livros da turma do Pica-pau Amarelo. Os meus preferidos são Reinações de Narizinho, A Reforma da Natureza e A Chave do Tamanho. Algum de vocês já leu Lobato? Pois deviam. Garanto que vão gostar.

Por que é que gostava da Emília no Pica-Pau Amarelo?
Porque ela é a liberdade... Emília é uma inconformista, é curiosa, tem idéias próprias e não se deixa enganar. É desbocada, irriquieta e divertida. Tem sempre uma resposta para tudo. Numa das aventuras, os personagens discutem o que é a Verdade. Emília se sai com essa explicação: “Verdade é uma mentira bem pregada, dessas que ninguém desconfia”.

Por que razão tinha a televisão dentro do armário?
Aquele era um modelo típico da televisão dos anos 50. Era um móvel que continha a TV, o rádio e o toca-discos. Ficava tudo dentro de uma espécie de armário. Era um aparelho moderno e caro, poucas famílias podiam ter um deles em casa.

A televisão dava a preto e branco?
Sim, era em branco e preto. A TV colorida só chegou por aqui nos anos 70.

4 comentários:

Márcia e João disse...

Gostamos muito das suas respostas, foram muito engraçadas, principalmente a do Marcelino, Pão e Vinho e a do Sítio do Pica-Pau Amarelo.
Gostávamos de um dia ainda o conhecer pessoalmente.

Catarina disse...

O Cláudio Fragata é muito engraçado, mesmo depois de adulto continua a ver desenhos animados. Catarina.

Nuno disse...

Eu gostei muito do texto porque acho que tem interesse e está muito giro e gostava um dia de o conhecer a si e aos professores do Brasil e da França .

Marli disse...

Que delícia continuar criança mesmo sendo adulto.Obrigada pelas suas respostas. Abraço!